Edimburgo, na Escócia: uma ótima opção no verão europeu

 

A Escócia tem muitos encantos, você pode após Edimburgo seguir viagem para outras partes, como as Highlands com paisagens e experiências inesquecíveis.

Visitei Edimburgo, na Escócia, recentemente e a impressão que eu tive é de que a cidade possui muitos segredos e mistérios. Intrigante, ela concentra um mix de monumentos antigos e paisagens exuberantes!

A maior parte das atrações turísticas ficam bem próximas uma da outra, então é bem fácil de chegar e se locomover, principalmente a pé que, pra mim, é a melhor maneira de se conhecer um lugar! Então, foram dias intensos e de muita caminhada. No verão, só escurece depois das 21h, então dá para aproveitar até o último minuto! Três dias são suficientes para conhecer os principais pontos da cidade.

Dica da Lu

 

Se preferir noites mais tranquilas e sem muito turistas, a Rose Street é ideal, com restaurantes e lojas charmosas. Já a Grassmaket aparece como opção para quem prefere algo mais agitado e movimentado e com vários Pubs e restaurantes interessantes por perto.

– Aos arredores do castelo de Edimburgo estão as principais atrações, a Royal Mille, me senti literalmente no filme do Harry Potter! O pôr-do-sol no Arthu’s Seat ou Calton Hill é simplesmente imperdível.

– A Princes Street, é uma rua com lojas e cafés. Ali fica o parque e com uma boa vista do Castelo de Edimburgo (Edinburgh Castle).

– Para os apreciadores do Whisky original escocês, a dica é o Scotch Whisky Experience, um museu só dedicado ao assunto e logo depois ir almoçar no bistrô Escocês que fica ao lado, Contini Cannonball.

– Para um chá da tarde tipicamente Britânico, o restaurante com estrelado no Michelin Palm Court do hotel The Balmoral, oferece o que há de melhor com música ao vivo. Me senti no livro de Jane Austen.

– Para o jantar, reserve (lugares muito limitados) no encantador restaurante Gardener’s Cottage, que tem apenas como opção um menu degustação maravilhoso e mesas coletivas no estilo “chez Maison” (receber em casa).

– Para quem se interessa por história e arte como eu a dica certeira é o National Museum (Museu Nacional) e a St. Giles Cathedral (catedral de St Giles) na mesma região do Castelo de Edimburgo, uma das principais igrejas da Cidade com seus vitrais incríveis.

– Palace of Holyroodhouse, residência oficial da família real na cidade, fica aberto à visitação quando não está sendo usada pelo clã. Se a Rainha Elisabeth II e o Duque de Edimburgo estiverem por lá, o turista pode se surpreender e cruzar com o carro deles na rua!

– Para boas compras, busque pelos famosos artigos em cashmere ou o famoso tartã (cuja palavra quer dizer “tecido de lã leve”) é um tipo de xadrez originário da Escócia. No século XVIII, servia para identificação dos clãs escoceses. Inclusive o famoso xadrez da Burberry tem origem de um tartã de um importante clã escocês.

Gostou? Então clique aqui para conferir os outros blog posts
Conheça ainda algumas das minhas noivas nesta galeria de fotos
E acompanhe as novidades sobre o meu atelier nas redes sociais!

Facebook - Luciana Collet  Instagram - Luciana Collet  YouTube - Luciana Collet  Pinterest - Luciana Collet

Deixe seu comentário!